Aeroportos vão ter câmaras de infravermelhos para medir temperatura corporal

Para já, apenas o Aeroporto de Lisboa tem o equipamento instalado

Os aeroportos em Portugal vão ter câmaras de infravermelhos para medir a temperatura corporal dos passageiros. Estes equipamentos já estão em funcionamento no Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, e «seguir-se-á a instalação nos aeroportos do Porto, Faro, Madeira e Ponta Delgada».

Em nota enviada às redações, a ANA Aeroportos explica que a medida vai ser implementada «no cumprimento de decisão do Governo e das Autoridades de Saúde para reforçar a segurança nos aeroportos».

Segundo a empresa, «este equipamento permite alguma fluidez na circulação, diminuindo na medida do possível o transtorno dos passageiros que chegam aos aeroportos».

Caso sejam detetadas situações de temperatura corporal elevada, «seguir-se-á um segundo rastreio por uma equipa de técnicos de saúde, que acompanharão a pessoa para área reservada, procedendo a um inquérito e atuando de acordo com os procedimentos médicos exigidos», acrescenta a ANA.

A empresa realça que, dentro dos aeroportos, «em colaboração com as autoridades de segurança, continuará a informar e a criar todas as condições para que os passageiros circulem de forma responsável cumprindo a recomendação de distanciamento social aconselhável para a prevenção do contágio».

A ANA diz ainda estar a «acompanhar, permanentemente, os colaboradores que, pela sua função, têm um contacto mais próximo com terceiros, se bem que, sempre que a sua função o permita, foi promovido teletrabalho».

Comentários

pub
pub