Lagoa: Preso homem que obrigou menores a praticar atos sexuais

Vítimas têm 13 e 17 anos

Um homem suspeito de crimes de ter obrigado vítimas de 13 e 17 anos a praticar atos de cariz sexual, em Lagoa, foi detido pela Polícia Judiciária.

Além de crimes de coação sexual, o alegado agressor está, igualmente, associado a crimes de importunação sexual, praticados «noutra ocasião».

Segundo a PJ, os factos de que o homem de 34 anos é acusado ocorreram no final de 2019, num local pouco frequentado da via pública, no concelho de Lagoa.

As vítimas foram sujeitas a práticas de cariz sexual «por meio de violência e contra as respetivas vontades».

O homem, pedreiro de profissão, vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para saber quais as medidas de coação que lhe serão aplicadas.

A investigação, a cargo do DIC de Portimão da PJ, prossegue, «admitindo-se que possam existir outras vitimas».

Comentários

pub
pub