Há uma “Harpa” que vai aproximar os jovens algarvios do património

Objetivo do novo programa é levar os jovens a interessar-se pelo seu património

Vai ser criado o HARPA – História, Artes e Património do Algarve, um novo programa voltado para os jovens das escolas algarvias, numa parceria entre a Direção Regional de Cultura e a Delegação Regional de Educação.

A novidade foi anunciada em entrevista ao Sul Informação e à Rádio Universitária do Algarve (RUA FM), por Adriana Freire Nogueira, diretora regional de Cultura do Algarve.

O objetivo do novo programa é levar os jovens a interessar-se pelo seu património, não só os monumentos, como outro património classificado.

Uma das novidades deste novo programa será o concurso «Fotografe-me no Monumento». A diretora regional levantou o véu sobre esta nova aposta, que pretende cativar os jovens.

Na sua entrevista, integrada no programa Impressões, dinamizado em conjunto pela RUA FM e pelo Sul Informação, Adriana Nogueira falou ainda dos novos rostos da Direção Regional de Cultura, bem como de alguns dos projetos para este ano.

Depois de uma primeira parte em que falou sobre o DiVaM, o programa de Divulgação e Valorização dos Monumentos do Algarve, esta é a segunda parte de uma entrevista que pode ser ouvida na íntegra na RUA FM, clicando aqui.

Comentários

pub
pub