Ainda continuam buscas para encontrar idosa desaparecida em Faro

Houve um «possível avistamento em Vale Judeu»

As buscas para encontrar Ilda de Sousa, uma idosa de 91 anos que desapareceu no passado dia 1 de Fevereiro, em Faro, ainda continuam. 

Fonte familiar disse ao Sul Informação que, nos últimos dias, «foram feitas diligências baseadas em informações comunicadas à GNR».

Em causa esteve um «possível avistamento em Vale Judeu», aldeia do concelho de Loulé, com buscas a serem feitas pela GNR.

De resto, as buscas acabaram por ser «alargadas a todo o Algarve através da cooperação com Federação de Caçadores do Algarve, Os Predadores – Associação de Caçadores, União dos Amigos da Pesca, VIVMAR e agrupamentos de escutismo algarvios, além dos canais oficiais, nomeadamente GNR, Polícia Marítima e PSP».

Ilda de Sousa tem 1.50 metros, olhos azuis, cabelo grisalho e vestia um casaco preto com umas calças e mala de mão castanhas, quando desapareceu, no passado sábado.

A idosa apresenta sinais de demência, falhas de memória e desorientação.

O desaparecimento já foi comunicado a autoridades como a Polícia Judiciária, PSP, GNR, hospitais, segurança social e instituições bancárias.

Quem tiver alguma informação sobre a senhora desaparecida, deverá contactar com as autoridades ou com Eduardo Raon, através do telefone 916623145.

Comentários

pub
pub