Problema de Legionella nos balneários da Penha resolvido «até ao final do mês»

Tratamentos vão começar «por estes dias»

O problema de legionella, que mantém fechados os balneários do Pavilhão Municipal da Penha, em Faro, há mais de um mês, deverá estar resolvido até ao final deste ano, garantiu fonte da Câmara farense ao Sul Informação.

Esta situação, que foi hoje noticiada pelo Barlavento, já dura há mais de um mês, encerrando ambos os balneários: o masculino e o feminino.

Ao nosso jornal, fonte da Câmara de Faro explicou que foi no âmbito de uma «atividade regular de análises que detetámos, num dos balneários, a presença da legionella».

«De imediato», foi contactada a Autoridade de Saúde Pública, iniciando-se também «os procedimentos de contratação de uma empresa especializada».

O tratamento «vai começar agora por estes dias», procedendo-se «a uma injeção de cloro no circuito de água». Até ao final do mês, tudo estará normalizado e os balneários poderão, então, ser reabertos.

Entretanto, apesar dos constrangimentos, as atividades previstas para o Pavilhão da Penha, que é usado por 500 pessoas diariamente, «têm decorrido com normalidade».

Comentários

pub
pub