Houve menos britânicos em Novembro, mas Algarve manteve taxa de ocupação

Subidas dos mercados espanhol e português compensaram descida de britânicos

A taxa de ocupação global média por quarto, em Novembro deste ano, foi idêntica à de 2018, apesar de o mercado britânico ter registado uma descida de 17,4% em relação ao período homólogo, de acordo com dados divulgados, esta sexta-feira, pela Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA).

As subidas do mercados espanhol (+41,4%), nacional (18,2%) e holandês (15,4%) acabaram por compensar o menor número de clientes britânicos.

Ainda assim, desde o início do ano, os clientes vindos de Terras de Sua Majestade registam uma subida de 4,1%.

Segundo a AHETA, «a taxa de ocupação quarto acumulada mantém-se ao mesmo nível da verificada no período homólogo de 2018 (+0,4%)».

Já volume de vendas apresentou uma subida face ao mesmo mês do ano anterior de 4,9% e regista um aumento acumulado de 3,1% desde o início do ano.

 

Comentários

pub
pub