Sistema de recolha de lixo porta-a-porta vai premiar quem recicla em Ourique

Projeto piloto vai abranger 30% da população da vila

A Câmara de Ourique e a Resialentejo vão lançar um projeto piloto de recolha porta-a-porta de lixo, no qual os munícipes vão pagar apenas pelos resíduos efetivamente produzidos. Este sistema PAYT (Pay-as-You-Throw) vai ser implementado a partir de 1 de Janeiro em alguns bairros e ruas da vila de Ourique.

Segundo a Câmara Municipal, 30% da população da vila será abrangida pelo projeto piloto que «vista o aumento da deposição de recicláveis e pretende beneficiar os munícipes que separam corretamente os resíduos», uma vez que «quanto mais os munícipes reciclarem menos vão pagar pelo seu lixo».

A autarquia explica que, atualmente, «os munícipes pagam uma tarifa de resíduos calculada em função do consumo de água. Com o sistema PAYT pretende-se criar um sistema mais justo. Os munícipes irão apenas pagar os sacos destinados aos resíduos indiferenciados (lixo). Os sacos destinados aos resíduos recicláveis (Vidro, papel/cartão e plástico e metal) são gratuitos».

Comentários

pub
pub