Quem quiser é bem vindo à festa de aniversário do Cante em Serpa

Tomé Pires, edil de Serpa, explica a importância do Cante e da festa que o comemora

 

«Quem quiser acompanhar e entrar a cantar, que o faça». O convite é feito por Tomé Pires, presidente da Câmara Municipal de Serpa, onde esta sexta-feira, dia 22, começa a festa que comemora os cinco anos da elevação do Cante a Património Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO.

O CantFest, que se prolonga até dia 27 de Novembro, contará com muito Cante, que até vai percorrer todas as localidades do concelho que têm grupos corais no ativo, acompanhado por petiscos e vinhos, bem como com a apresentação de livros e projetos, debates, uma exposição temática e entrega de medalhas.

Mas o autarca de Serpa, em entrevista ao Sul Informação (ouvir e ver acima), explica a importância do Cante e da sua classificação, bem como dá conta do extenso programa preparado, que até tem início hoje, mas em Lisboa.

 

 

 

PROGRAMA

22 de Novembro (sexta-feira), Lisboa

17h00 — Apresentação do Cancioneiro de Serpa e interpretação de Cante, na Livraria Ferin, com a participação do Rancho Coral e Etnográfico de Vila Nova de São Bento

21h00 — Interpretação de Cante pelo Rancho Coral e Etnográfico de Vila Nova de São Bento, integrada no “Festival Super Bock em Stock”, na Casa do Alentejo

23 de Novembro (sábado), Concelho de Serpa

10h00-20h00 — Rota do Cante no Concelho (onze grupos do concelho a cantar em Serpa, Vales Mortos, Vila Nova de São Bento, Pias, Vila Verde de Ficalho e Vale de Vargo)

17h00 — Abertura da exposição “Descante”, na Casa do Cante, com interpretação de Cante a cargo do Grupo Coral “Os Ganhões” de Castro Verde

24 de Novembro (domingo), Serpa

14h00-20h00 — Rota do Cante no Centro Histórico de Serpa (14 grupos corais, do concelho e convidados). Com início marcado para os Paços do Concelho, com passagem por vários estabelecimentos comerciais, e final no espaço Wasabi.

25 de Novembro (segunda-feira), Casa do Cante

18h00 — Apresentação do Museu / Centro Interpretativo do Cante

— Colóquio: Cante, entre a tradição e o turismo

26 de Novembro (terça-feira), Casa do Cante

18h00 — Apresentação do relatório do Plano de Salvaguarda do Cante para a UNESCO

— Debate: Cinco anos após inscrição do Cante na UNESCO — o que mudou?

27 de Novembro (quarta-feira), Cineteatro Municipal de Serpa

18h00 — Cerimónia oficial da comemoração do 5º aniversário da Inscrição do Cante Alentejano na Lista Representativa do Património Cultural Imaterial da Humanidade, da UNESCO

— Entrega de medalhas comemorativas aos grupos corais signatários da candidatura do Cante Alentejano a Património Cultural Imaterial da Humanidade, da UNESCO.

— Espetáculo de Cante Alentejano com a participação de grupos corais do concelho de Serpa

 

Comentários

pub
pub