Prisão preventiva para padrasto que violou enteada em Loulé

Jovem de 25 anos foi quem cometeu o crime

Um jovem ficou em prisão preventiva, por suspeitas de ter violado a enteada, de 5 anos, com quem morava, no passado dia 3 de Novembro, em Loulé.

Segundo a PJ, o padrasto, que tem 25 anos, chegou registar, em fotografia, «um dos momentos da prática do crime».

Encontram-se, por isso, a «decorrer várias perícias com vista ao apuramento da verdadeira extensão da atividade criminosa».

Comentários

pub
pub