Odemira celebra o Dia das Cidades Educadoras em todo o concelho

Haverá duas iniciativas: O Sofá da Escuta e A Árvore dos Desejos

O Município de Odemira, enquanto membro da Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras, vai celebrar o Dia Internacional das Cidade Educadoras, assinalado a 30 de Novembro, com uma ação de contacto com a população e reflexão, sob o lema “Escutar a cidade para a transformar”.

A iniciativa começa hoje e prolonga-se até sábado e vai decorrer em parceria com as Juntas de Freguesia das sedes de agrupamento dos cinco territórios educativos – Colos, Odemira, Sabóia, São Teotónio e Vila Nova de Milfontes. A iniciativa insere-se no âmbito do programa OdeTe – Odemira Território Educativo.

«Pretende-se envolver a comunidade educativa, as associações, entidades locais e público em geral com a realização de duas atividades distintas, O Sofá da Escuta e A Árvore dos Desejos, onde todos são convidados a manifestar as suas preocupações e desejos para construir um melhor território educativo no concelho de Odemira», explica a autarquia em nota de imprensa.

A Árvore dos Desejos irá passar pelas vilas de Odemira, Colos, Sabóia, S. Teotónio e Vila Nova de Milfontes entre os dias 28, 29 e 30 de Novembro.

No dia 29 de Novembro, às 10h45, a Bandeira das Cidades Educadoras vai ser hasteada no edifício dos Paços do Concelho de Odemira.

No dia 29 de Novembro, o Sofá da Escuta estará no Jardim Sousa Prado, Odemira (entre as 9h00 e as 11h00), no Largo Eira da Lagoa, em Colos (10h00/12h00) e na Rua Gago Coutinho em Sabóia (16h00/18h00).

No dia seguinte, sábado, a ação será realizada no Mercado de S. Teotónio (9h30/11h30) e na Rua António Mantas, em Vila Nova de Milfontes (10h00/12h00).

A Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras é constituída por 77 municípios, que são membros da Associação Internacional das Cidades Educadoras e que assinaram a Carta das Cidades Educadoras, que constitui um elemento unificador na definição das políticas dos municípios membros. As cidades educadoras trabalham para que a educação seja um eixo transversal de todas as políticas locais.

Odemira integra a Comissão de Coordenação da Rede Portuguesa, juntamente com os Municípios de Almada, Lagoa, Lisboa, Loulé, Torres Vedras e Vila Nova de Famalicão.

Comentários

pub
pub