Nova espécie de crustáceo foi descoberta na Ria Formosa

Novo crustáceo foi batizado como “Apseudopsis formosus” por ter sido descoberto na Ria Formosa

Investigadores do polo de Olhão do Instituto Português do Mar e da Atmosfera e do CESAM da Universidade de Aveiro publicaram um artigo científico a descrever uma nova espécie de crustáceo descoberta na Ria Formosa na conceituada revista da especialidade “Marine Biodiversity”.

A existência deste crustáceo tanaidáceo, cujo nome cientifico é Apseudopsis formosus – assim denominado devido ao facto de ter sido descrito com base em exemplares capturados na Ria Formosa -, foi validada por «diversos anos de campanhas de amostragem, identificações taxonómicas em laboratório e estudos de ecologia bentónica na Ria Formosa e costa algarvia», segundo o IPMA.

O trabalho agora publicado é assinado pelos investigadores André N. Carvalho, Fábio Pereira, David Piló, Miguel B. Gaspar e Patricia Esquete.

O artigo “Tanaidaceans (Crustacea: Peracarida: Apseudidae) from southern Portugal with description of the new species Apseudopsis formosus, report of five first records and a biogeographic overview: unexpected expansion or understudied hotspot?”, pode ser consultado seguindo este link.

Comentários

pub
pub