Menos alemães e holandeses ditam ocupação hoteleira mais baixa em Outubro

O aumento de turistas britânicos impediu que a quebra fosse maior

As fortes descidas dos mercados alemão (- 20,3%) e holandês (-10,2) levaram a que a taxa de ocupação global média por quarto das unidades hoteleiras algarvias descesse em Outubro, em relação ao mesmo mês do ano passado.

Ainda assim, e segundo dados da Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA), a diminuição foi ligeira, de apenas meio ponto percentual, já que o crescimento do número de turistas britânicos (+ 7,2%) compensou algumas das perdas verificadas noutros mercados.

 

 

Desta forma, a taxa de ocupação global média foi de 71,1%.  Na contabilização dos valores acumulados deste indicador desde o início de 2019, «mantém-se o mesmo nível do período homólogo de 2018 (+0,3%)».

«O volume de vendas apresentou uma ligeira subida face ao mesmo mês do ano anterior (+0,6%) e regista um aumento acumulado de +2,8% desde o início do ano», concluiu a AHETA.

Comentários

pub
pub