Farense vence o Mafra e lidera II Liga

Algarvios sobem ao primeiro lugar da II Liga à condição

Foto: Nelson Ferreira

O Farense é o novo líder da II Liga, depois de ter vencido o Mafra por 2-1, num jogo disputado hoje, domingo, no Estádio de São Luís, em Faro. Os algarvios ainda tiveram de sofrer, muito por culpa própria, mas conseguiram garantir os desejados três pontos.

O início do jogo foi marcado pelo equilíbrio, ainda que com um ligeiro ascendente do Mafra. As equipas não tardaram a encaixar e sucediam-se os ataques de uma e outra formação, com a bola a rondar as duas grandes áreas, mas sem jogadas de real perigo.

A primeira defesa digna desse nome foi feita aos 30 minutos pelo guarda-redes mafrense Godinho. Num contra-ataque rápido, Ryan Gauld entrou  na área e rematou cruzado, ainda que com pouca força e ao alcance do guardião adversário.

Logo a seguir, Nuno Rodrigues, do Mafra, ensaiou um remate, mas a bola saiu por cima da baliza de Hugo Marques.

O Farense fez o 1-0 pouco depois, aos 37 minutos, na sequência de um penálti que castigou falta de Júnior Franco sobre Ryan Gauld – muito contestada pelos mafrenses. Fabrício Simões não vacilou e pôs a equipa de Faro em vantagem.

Até ao final da primeira parte, o Mafra continuou à procura do golo, mas não conseguiu enquadrar remates com a baliza dos algarvios.

 

Foto: Nelson Ferreira

 

O Farense entrou a todo o gás na segunda parte e depressa aumentou a vantagem. Aos 50 minutos, Fábio Nunes rematou cruzado, Godinho fez uma defesa incompleta e Matheus Silva encostou para o fundo das redes.

Um minuto antes, Furlan já havia ameaçado, com um remate cruzado que saiu ao lado e, momentos depois do 2-0, Matheus esteve perto de bisar, mas o remate saiu ligeiramente por cima.

A partir daqui, os algarvios começaram a gerir a vantagem de dois golos, procurando reter a bola e não arriscando muito no ataque, ainda que sem abdicar de tentar o terceiro golo.

O Mafra, por seu lado, fazia o que podia para tentar mudar a sua sorte, ainda que sem grande discernimento.

E foi graças a um brinde de Rocha que o Mafra conseguiu marcar, aos 71 minutos. O defesa do Farense desentendeu-se com o seu colega de equipa Hugo Marques e deixou a bola à mercê de Ayongo, que fez um chapéu ao guarda-redes dos algarvios, que estava bem longe da baliza.

Os visitantes entusiasmaram-se e conseguiam aproximar-se mais da baliza da equipa da casa. Mas o ímpeto não durou muito tempo e os algarvios voltaram a pôr gelo na partida.

O Farense esteve perto de aumentar a vantagem, aos 87 minutos, mas o remate forte de Fábio Nunes saiu por cima.

Antes do apito final, os algarvios ainda tiveram dois calafrios, primeiro na sequência de um livre, com muita confusão na área dos algarvios, e, logo a seguir, com um remate forte que Hugo Marques desviou para o poste.

Com este resultado, o Farense está agora isolado na primeira posição da II Liga, com 21 pontos, ainda que com mais um jogo do que o segundo classificado, o Sporting da Covilhã, que ontem empatou com o Penafiel e soma, agora, 19 pontos.

Comentários

pub
pub