António Pina já é presidente da AMAL

António Pina foi eleito por maioria

António Pina é desde ontem o presidente da AMAL – Comunidade Intermunicipal de Faro, após ter sido eleito por maioria,  com nove votos a favor e seis votos em branco.

Esta acabou por ser a formalização de uma decisão que, como o Sul Informação avançou em primeira-mão, já havia sido tomada numa reunião dos presidentes do PS, que estão em clara maioria na AMAL – 10 para 6 de outros partidos.

Ainda assim, o presidente da Câmara de Olhão não conseguiu a dezena de votos dos autarcas socialistas. É que, dos 16 edis algarvios, só o social-democrata Rui André não esteve presente na reunião de ontem, o que significa que faltou um voto rosa.

As eleições para a presidência da AMAL foram precipitadas pela eleição de Jorge Botelho, ex-presidente da Câmara de Tavira, para a Assembleia da República e posterior nomeação como secretário de Estado.

O presidente da Câmara de Loulé Vítor Aleixo foi o primeiro a formalizar uma candidatura, numa altura em que ainda não era certo se haveria ou não eleições ou se o cargo seria ocupado por Osvaldo Gonçalves, vice-presidente da AMAL.

Mas, na reunião de dia 23 de Outubro entre os presidentes de câmara socialistas, Vítor Aleixo retirou-se da votação, «para abrir espaço a um consenso», como o próprio revelou ao Sul Informação. No entanto, houve dois outros presidentes que mantiveram a candidatura que tinham apresentado, António Pina e Adelino Soares, tendo a escolha final recaído sobre o primeiro.

Após esta eleição, a direção da AMAL será composta por António Pina (presidente) e por Osvaldo Gonçalves e Rui André (vice-presidentes).

Comentários

pub
pub