Alunos de Lagos ajudam a plantar 110 mil árvores

Jovens são dos agrupamentos Gil Eanes e Júlio Dantas

Imagem de Arquivo

600 alunos dos agrupamentos de escolas lacobrigenses Gil Eanes e Júlio Dantas vão juntar-se à ação de florestação Movimento Terra de Esperança, que vai promover a plantação de 110 mil árvores em 14 municípios do país, incluindo no concelho de Lagos, até ao final de Novembro.

Ao todo, estão envolvidos no projeto 4500 alunos de escolas de Lagos, Cascais, Torres Vedras, Mangualde, Braga, Monção, Manteigas, Celorico da Beira, Castelo de Vide, Évora, Mértola, Alcobaça, Sardoal e Fornos de Algodres.
Com a plantação de mais 110 mil árvores, o «Movimento Terra de Esperança vai aproximar-se das 300 mil árvores plantadas em Portugal desde 2017. Objetivo é chegar às 500 mil até Abril de 2020», segundo a Fundação Galp, que lançou o Movimento Terra de Esperança em parceria com a Associação Nacional de Empresas Florestais, Agrícolas e do Ambiente (ANEFA).

A ação que vai decorrer até final do mês servirá para assinalar o Dia da Floresta Autóctone, que se celebra a 23 de Novembro.

As 500 mil de árvores que serão plantadas no âmbito deste projeto foram oferecidas pela Fundação Galp. «No total, estas árvores representarão uma área equivalente a cerca de 600 campos de futebol».

O Movimento Terra de Esperança prevê que a última destas árvores «seja plantada em Abril de 2020, dando assim cumprimento a um plano de reflorestação que envolverá, nos próximos meses, parcerias com 18 municípios e com o ICNF – Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas».

Comentários

pub
pub