Agrupamento Paula Nogueira de Olhão coordena projeto internacional Erasmus+

Este é um projeto de cariz ambiental

O Agrupamento de escolas Paula Nogueira, em Olhão, vai ser um dos coordenadores do projeto internacional Erasmus+ “We share one future” que será desenvolvido em Portugal, Grécia, Turquia, Itália e Roménia. 

Este projeto, de cariz ambiental, abordará temáticas que a escola considera essenciais para a criação de contextos de aprendizagem diversificados e para o desenvolvimento da cidadania, traduzidas na exploração de metodologias de trabalho inovadoras e na promoção de atitudes mais responsáveis na relação com o ambiente.

Os temas em foco serão as alterações climáticas, a poluição, a desflorestação, os animais em vias de extinção, a utilização sustentável dos recursos e a reciclagem. As metodologias de trabalho passarão pelo Ensino Adaptado e Personalizado, pela Aprendizagem Baseada em Projetos, pela Gamificação, entre outros.

Em paralelo haverá um investimento na promoção de competências na área das TIC e na utilização do inglês.

«Pretende-se investir na formação de cidadãos do século XXI, conscientes da importância da sua atitude e colaboração para a construção do presente e do futuro», explica o Agrupamento de Escolas.

Portugal será, então, representado pelas escolas EBI/JI José Carlos da Maia, EB1 de Brancanes e EB1 de Quelfes (todas do mesmo agrupamento).

O grupo alvo deste projeto são cerca de 500 alunos com entre os 3 e os 15 anos de idade.

O primeiro encontro transnacional decorrerá na primeira semana do mês de Dezembro em Portugal (Olhão) com o tema “Alterações Climáticas”.

Além da troca de experiências e boas práticas, os parceiros terão a oportunidade de assistir a apresentações e de participar em workshops, dinamizados com a colaboração de várias entidades e organismos nacionais. Ainda lhes será proporcionada a oportunidade de conhecer alguns lugares emblemáticos do Algarve.

«É nosso objetivo que o projeto tenha impacto não só na comunidade educativa, mas também na comunidade envolvente», conclui o Agrupamento de Escolas Paula Nogueira.

Comentários

pub
pub