Professor da Universidade do Algarve ganha prémio de revisores científicos

Esta seleção é feita pela comissão da Publons

Aureliano Alves, professor de Bioquímica da Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) da UAlg e investigador do Centro de Ciências do Mar (CCMAR), foi distinguido com o prémio de TOP 1% de revisores científicos nas áreas de Bioquímica/Biologia, Biologia Molecular/Genética e ainda numa área nova introduzida em 2019: a Interdisciplinar.

Esta seleção é feita pela comissão da Publons que anuncia todos os anos os nomeados nas 22 áreas científicas. A plataforma Publons foi lançada em 2012 e em 2018 já havia atingido meio milhão de revisores registados. A sua missão é «acelerar a ciência, aproveitando o poder da revisão por pares».

Em 2019, considerando todos os investigadores inscritos em Portugal, apenas foram premiados quatro investigadores com seis distinções: dois nas áreas de Bioquímica/Biologia, e quatro na área de Biologia Molecular/Genética, sendo que dois foram premiados simultaneamente nas duas áreas científicas.

Segundo Aureliano Alves, «atendendo ao número crescente de inscritos nesta plataforma e à elevada à competição internacional nos próximos anos, ficará cada vez mais difícil fazer parte deste grupo restrito de revisores TOP 1%».

Ou seja: o trabalho dos revisores é cada vez mais reconhecido.

O peer review – ou revisão por pares – diz respeito à atividade dos revisores científicos e dos editores para avaliar se um trabalho reúne ou não requisitos para poder ser publicado, avaliando, assim, a sua relevância.

Os revisores, que trabalham a título gratuito, são escolhidos com base no número e qualidade dos relatórios concluídos nos últimos 12 meses.

Para mais informações, clique aqui.

Comentários

pub
pub