O melhor do cinema francês passa este ano por Portimão

É a primeira vez que, no Algarve, a festa tem lugar apenas na cidade do Barlavento algarvio

A Festa do Cinema Francês vai levar o melhor da sétima arte a Portimão, de 5 a 7 de Novembro. Esta é a primeira vez em que, da programação, só consta uma cidade algarvia, no caso Portimão. Os cinemas Algarcine, do empresário Carlos Matos, um verdadeiro entusiasta destas iniciativas, vão receber antestreias e até sessões para escolas. 

Este ano, a Festa do Cinema Francês decorre em oito cidades portuguesas: Lisboa, Almada, Setúbal, Coimbra, Porto,  Portimão, Leiria e Beja.

Ana Bela Schwartz, da Alliance Française Algarve, disse ao Sul Informação que «este ano a Festa não vai a Faro, fica apenas em Portimão. Ter a Festa nas duas cidades dispersava muito as pessoas interessadas, além de ser um grande esforço financeiro. Este ano, resolvemos apostar apenas em Portimão e escolhemos as salas do Algarcine, do Senhor Matos, porque ele é uma pessoa que se interessa e tem dedicado a sua vida ao cinema».

Ou seja, garante Ana Bela Schwartz, estão criadas as condições para haver, na capital do Barlavento Algarvio, uma grande Festa do Cinema. Tanto mais que todos os filmes das sessões das 19h00 e 21h30 são antestreias.

Assim, em Portimão, o certame começa com “Comme des Garçons”, no dia 5 de Novembro, às 21h30. A comédia, de 2018, conta a história de um jornalista desportivo que, um dia, resolve organizar um jogo de futebol feminino. Sem saber, Coutard – o jornalista – acabará por estar envolvido na criação da primeira equipa francesa de futebol feminino.

 

 

Para o dia seguinte (6 de Novembro), está reservado “Le Voyage du prince”, numa sessão às 10h30, só para escolas. A película de animação fala de um velho príncipe que naufraga e vai ter a uma praia desconhecida. Ferido e perdido, acaba por ser salvo por um jovem, de seu nome Tom.

 

 

Às 19h00 do mesmo dia, a tela do Algarcine vai exibir “Première Année”, de Thomas Litli. Este drama narra a história de dois colegas do curso de medicina que acabam por se tornar amigos, ajudando-se em provas cada vez mais difíceis.

Ainda a 6 de Novembro, passará a comédia “Les Crevettes Pailletées”, da autoria de Cédric Le Gallo e Maxime Govare. Neste película, a trama centra-se em Matthias le Goff – um vice-campeão mundial de natação – que terá de enfrentar os preconceitos e treinar uma equipa para os Gay Games.

 

 

No último dia de Festa do Cinema Francês em Portimão, há mais três sessões. A primeira, às 10h30, volta a ser dedicada às escolas, com “Belle Et Sébastien 3” (Clovis Cornillac), um filme que fala das aventuras do jovem Sébastien e da sua cadela Belle.

Mais tarde, às 19h00, é a vez da comédia dramática “Lola et ses frères”. Como o próprio nome indica, a película é sobre as histórias de Lola e os seus dois irmãos (Pierre e Benoit) e do casamento de um deles.

O certame termina com a exibição de “Alice et le maire”, às 21h30, mais uma comédia dramática. Neste filme, a personagem principal é Paul Théraneau, presidente da Câmara de Lyon, que atravessa uma crise existencial, até conhecer uma jovem filósofa que se torna sua assessora: Alice Heimann.

 

 

Os bilhetes para as sessões custam 3,50 ou 3 euros, valor que desce para 2 euros no caso dos alunos e associados da Alliance Française. Todos os filmes são legendados em português.

Já as sessões escolares são gratuitas e as reservas devem ser feitas para 289 828 881 ou algarve@alliancefr.pt.

 

Comentários

pub
pub