Mértola experimenta recolha de lixo que compensa quem recicla

Empresa Resialentejo e a Câmara de Mértola lançaram um projeto piloto Pay-As-You-Throw

O centro histórico de Mértola vai ter a partir de hoje um novo sistema de recolha de resíduos porta-a-porta que beneficia aqueles que mais reciclam.

A empresa Resialentejo e a Câmara de Mértola estão a dinamizar em conjunto o  “À sua porta. Pague menos, recicle mais!”. Este é um projeto PAYT (Pay-As-You-Throw) que prevê que os munícipes só paguem «os resíduos por si produzidos, beneficiando todos os que fazem a separação corretamente», segundo a autarquia mertolense.

«Os residentes no Centro Histórico apenas irão pagar os sacos destinados aos resíduos indiferenciados. Os sacos destinados aos resíduos recicláveis são gratuitos e podem ser adquiridos no Gabinete de Atendimento e no Posto de Turismo, por isso quem mais separar, menos irá pagar», enquadrou a mesma entidade.

O sistema a implantar tem a vantagem de, não só, incentivar a separação de resíduos «com vista à sua reciclagem, mas também de ser «mais justo para o cidadão, que pode ver deste modo o seu esforço recompensado. Quem mais reciclar menos vai pagar pelo seu lixo».

A Câmara Municipal irá divulgar junto dos moradores o calendário de recolha para, que no horário indicado, possam colocar os sacos no exterior.

Comentários

pub
pub