In Loco mostra em Olhão como é importante “Produzir e Consumir Local”

Haverá um Mercado 100% Local

A campanha “Produzi e Consumir Local”, da associação In Loco, está a decorrer, ao longo do mês de Outubro, no concelho de Olhão. 

Na cidade cubista, a campanha teve início a 1 de Outubro com a chegada ao concelho d’A Balança, uma peça concebida pelo artista algarvio Tó Quintas, em exibição até ao final do mês na praça Patrão Joaquim Lopes.

A instalação artística, inspirada nas antigas balanças de mercado, vai circular em itinerância pela região, chamando a atenção para a importância das opções de consumo e o seu impacto na saúde, na economia da região e no ambiente.

Com o mote “À mesa o que cresce perto da Porta”, a campanha materializa-se ainda na afixação de cartazes em locais estratégicos de grande visibilidade, com mensagens informativas e de apelo ao consumo local.

O Dia Mundial da Alimentação, 16 de Outubro, foi a data escolhida para realizar, no jardim Patrão Joaquim Lopes, uma das ações de maior visibilidade da campanha: o Mercado 100% Local.

Este evento decorre, desde Agosto, em itinerância pela região e configura-se como um espaço de aproximação entre produtores e consumidores.

Para tal, mobiliza os produtores de cada um dos concelhos parceiros, desafiando-os a expor e vender produtos agroalimentares, nomeadamente hortofrutícolas e transformados feitos a partir de matérias-primas da região.

Em Olhão decorrerá ao ar livre entre as 15h00 e as 20h00, composto por um espaço de venda ao público e um conjunto de ações para destacar a importância da alimentação enquanto motor dinamizador da economia da região e com fortes impactos ao nível do ambiente e da saúde.

Pretende, assim, despertar os cidadãos para a importância de fazer escolhas acertadas, ponderadas e informadas neste campo.

O evento contará ainda com uma performance, apresentada pelo Coletivo JAT – Janela Aberta Teatro, alusiva às problemáticas do consumo e da produção locais, como forma de sensibilização dos presentes para a importância de dar primazia aos circuitos curtos de produção e comercialização.

A campanha de sensibilização decorrerá em itinerância até Abril do próximo ano, mas não será o único produto do projeto 100% Local. Este lançará também a aplicação casefazem.pt, já em construção, onde estarão referenciados produtos e produtores e possibilitando aos consumidores conhecer os pontos de venda de produtos agroalimentares produzidos na região do Algarve.

As ações do 100% Local são cofinanciadas pelo No Planet B by AMI, Instituto Camões e União Europeia e promovidas pela Associação In Loco com o apoio dos Municípios de Albufeira, Faro, Loulé, Olhão, São Brás de Alportel, Silves e Tavira.

Comentários

pub
pub