Exploração dos jogos de fortuna ou azar e o turismo no Algarve motiva palestra

A entrada é livre, mas sujeita a inscrição

«A exploração dos jogos de fortuna ou azar e o turismo no Algarve» é o tema das primeiras jornadas sobre o Direito do Jogo, que irão decorrer no dia 31 de Outubro, às 18h00, no Instituto Superior Manuel Teixeira Gomes (ISMAT), em Portimão. Trata-se de um evento pioneiro no Algarve.

A exploração dos jogos de fortuna ou azar no Algarve iniciou-se em Portugal com a legislação de 1927. Um dos primeiros casinos de Portugal foi precisamente o da Praia da Rocha.

Na atualidade, o setor do jogo continua em expansão, tendo um significativo impacto a nível do turismo nacional.

«Importa, assim, refletir sobre o estado atual da indústria e sobre o seu enquadramento regulatório. Quais são os principais desafios que se colocam? Como tem a indústria do jogo beneficiado o turismo? Que reformas são possíveis neste setor?», explica o ISMAT.

Estas jornadas contarão com a presença e intervenções de diversas personalidades ligadas à temática, como Jorge Godinho, colaborador do Curso de Direito do ISMAT e especialista em História e Direito do Jogo, Joel Pais, administrador da Solverde, S.A, e Managing Diretor das Unidades Solverde do Algarve, Carlos Costa, administrador do Grupo Nau Hotels & Resorts e ainda José Pereira de Deus, inspetor do Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos.

Em termos académicos, esta iniciativa pioneira do ISMAT procura alertar para os múltiplos problemas que o direito do jogo coloca. Trata-se de uma área interdisciplinar, de particular interesse no Algarve, bastante carecida de investigação científica.

A entrada é livre, mas sujeita a inscrição através do e-mail: info@ismat.pt

Comentários

pub