Dança contemporânea de Angola sobe ao palco do Lethes

Companhia de Dança Contemporânea de Angola vem a Faro apresentar “O monstro está em cena”

A Academia da Companhia de Dança Contemporânea de Angola vai subir ao palco do Teatro Lethes, em Faro, para apresentar a peça “O monstro está em cena”, no sábado em no domingo, dias 12 e 13, às 21h30 e às 16h00.

Este é um espetáculo que «convida à reflexão sobre o ser humano enquanto protagonista de um mundo onde cresce a violência, o individualismo e a intolerância», segundo a ACTA – A Companhia de Teatro do Algarve, entidade responsável pela programação do Lethes.

«Os novos modelos capitalistas baseados no consumismo e nos conflitos entre os diferentes grupos étnicos, religiosos ou políticos, promovem o surgimento de novos “muros” e a resignação perante as assimetrias entre fausto e miséria. As questões de género e a condição de inferioridade imposta à mulher são, igualmente, alvo desta desconfortante introspeção sobre a condição humana», acrescentam.

Em palco estarão os bailarinos António Sande, Armando Mavo, Benjamim Curti, Daniel Curti e Samuel (adultos) e Gabriel Neto, Leandro Lopes, Maria Ribeiro, Rita Fonseca e Tchissole Brito (crianças). A peça contará, ainda, com a participação especial de Catarino Rodrigues.

“O monstro está em cena” é coreografado por Ana Clara Guerra Marques e Nuno Guimarães. A música original é de Inês Vieira (Violino e voz).

Os bilhetes para os espetáculos custam 10 euros para o público em geral e 7,5 euros para menores de 30 anos e maiores de 65 anos. Estudantes/alunos de dança pagam apenas 5 euros, desde que apresentem comprovativo ou sejam acompanhados por um professor.

Comentários

pub
pub