Coro francês leva «pérolas da música sacra» à Ermida da Guadalupe

Serão apresentadas peças de Vivaldi e de Bach

A Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe, na Raposeira, Vila do Bispo, vai ser o palco do concerto “Viagem Sacra”, pelo coro francês Ars Vocalis – Ensemble Arianna, no sábado, dia 19, às 17 horas.

Neste espetáculo, será apresentada «uma viagem pelas pérolas da música sacra do período barroco: O Credo de Vivaldi, o Deutsches Magnificat de Telemann e motetes sacros de J.S. Bach», segundo a Direção Regional de Cultura do Algarve (DRCAlg), que apoia o evento.

Este será o concerto de encerramento do projeto “Peregrinação II – Códigos para Viajantes”, promovido pela “O Corvo e a Raposa Associação Cultural”.

Ars Vocalis é um coro misto composto por vinte cantores criado em 2008 e apoiado pela Associação Ars Musica (Montpellier, França), sob a orientação artística de Maria-Paule Nounou.

«O repertório especializa-se na música antiga, renascentista e barroca, mas também explora o romantismo e a música contemporânea. Do seu repertório, destaca-se Dido e Eneias de Purcell, Messias de Handel, Gloria, Credo e Magnificat de Vivaldi, Jefté de Carissimi, Miserere de Allegri, As Sete Palavras de Cristo na Cruz de Schütz, motetos de Bach e as famosas Vésperas de Monteverdi», acrescentou a DRCAlg.

Ars Vocalis é também o ensemble vocal que trabalha com o grupo instrumental de música antiga Ensemble Arianna, «com o qual produziram vários CD com músicas de Vivaldi, Handel, Mozart, Haydn, entre outros».

Comentários

pub
pub