Cães de Faro ganham parque para se divertir e exercitar

Parque canino deverá ser uma realidade em Dezembro

Um parque canino, com estruturas de divertimento e exercício para cães, já está em construção na Rua de Berlim, no Alto de Santo António – Mata do Liceu – e deverá estar operacional «no início de Dezembro», anunciou a União de Freguesias (UF) de Faro, responsável pela obra.

«Dado o aumento do número de animais de estimação na cidade, nomeadamente os cães, este parque visa dar resposta aos anseios manifestados por vários fregueses que expressaram a necessidade da criação de um local vocacionado para a diversão dos seus animais e a experiência e sucesso com o seu funcionamento poderá ditar a criação de mais equipamentos semelhantes na cidade», segundo a Junta farense.

Os parque caninos «são locais próprios para a permanência e circulação de cães, sendo hoje em dia equipamentos absolutamente essenciais para que os cães gastem as suas energias, para não desenvolverem comportamentos agressivos e destrutivos», considerou Bruno Lage, presidente da UF de Faro.

«Nem todas as pessoas possuem casas com terreno suficiente para que os cães possam correr à vontade sem trela e, para alguns donos, é difícil soltar os cães em zonas públicas, pois corre-se o risco de eles irem para a estrada, fugirem ou saltarem para os transeuntes. Mesmo que não sejam agressivos, há cães que têm necessidade de procurar a atenção dos humanos para brincar, saltando para estes. Isto pode ser algo desagradável e até mesmo perigoso para algumas pessoas, uma vez que um cão de grande porte pode saltar sobre uma criança ou um idoso e causar danos físicos indesejáveis», ilustrou o autarca farense.

No futuro parque, os cães poderão gozar de maior liberdade, sem ter de andar com trela ou açaime, já que estas estruturas são pensadas para isso.

«Sabendo que, muitas vezes, o abandono de animais está diretamente relacionado com os seus problemas comportamentais e, muitas vezes, estes problemas podem estar, por sua vez, relacionados com a falta de exercício, brincadeira e convívio (com cães e com pessoas!), a criação de parques caninos pode ajudar a atenuar alguns destes problemas. É importante que os cães possam brincar (ser cães!) e que possam socializar com outros cães e pessoas para viverem melhor em sociedade», reforçou a União de Freguesias de Faro.

Comentários

pub
pub