Bailarina tentou matar marido à facada em Portimão

O homem só não morreu porque foi operado de urgência

Uma mulher, bailarina de profissão, foi detida, após ter tentado matar o marido com uma facada no tórax, em Portimão, acaba de anunciar a Polícia Judiciária (PJ). 

Segundo as autoridades, a tentativa de homicídio aconteceu «num jardim de um condomínio privado». Foi aí que este casal, em processo de separação, se encontrou, de forma inesperada.

O crime, de acordo com a PJ, aconteceu na sequência de conflitos devido a assuntos relacionados com um filho menor.

Após o encontro e troca de palavras, a mulher, munida de uma faca com cerca de 10 centímetros de lâmina, deu «um golpe no tórax da vítima, causando-lhe ferimentos graves».

O homem só não morreu porque foi operado de urgência, encontrando-se, agora, livre de perigo.

Quanto à autora do crime, vai ser presente a juiz para conhecer as medidas de coação.

Comentários

pub
pub