Três orquestras, um coro e Katia Guerreiro acolhem turistas no Aeroporto

Ação realizou-se no Dia Mundial do Turismo

 

Os passageiros que chegaram ontem a Faro, provenientes do Aeroporto de East Midlands, no Reino Unido, tinham à sua espera uma surpresa: um espetáculo protagonizado por três orquestras, por um coro e pela fadista Katia Guerreiro.

A Região de Turismo do Algarve (RTA) e o Aeroporto de Faro juntaram-se para celebrar o Dia Mundial do Turismo com uma iniciativa «fora da caixa». Para isso, convidaram as Orquestras Clássica do Sul, das Beiras e do Norte, o coro da OCS e a fadista Katia Guerreiro para um concerto em plena placa da infraestrutura aeroportuária.

Uma iniciativa que surpreendeu os recém-chegados viajantes, que, ainda assim, não se demoraram muito no local, apesar de, em muitos casos, aproveitarem para tirar fotografias.

Neste caso, os turistas que tiveram uma chegada bem original ao seu destino viajaram num avião da Ryanair, companhia que tem sido muito falada por ter anunciado que iria fechar a base de Faro, decisão que entretanto reverteu parcialmente.

Embora os responsáveis pela ação assegurem que foi coincidência e que até era para outro voo, de uma companhia diferente, a ser alvo da iniciativa, este não deixa de ser um sinal.

«Nós quisemos comemorar o Dia Mundial do Turismo vindo ao primeiro sítio que muitos turistas pisam quando vêm à nossa terra, sendo esta uma das portas de entrada na região, para brindar os que nos visitam com um concerto de boas-vindas. No fundo, trata-se de proporcionar um momento especial na altura precisa em que chegam à região», disse ao Sul Informação o presidente da RTA João Fernandes.

«Temos realizado, ao longo dos anos, várias iniciativas fora da caixa. Esta também o é. Sempre que conseguimos criar um momento diferente e que demonstra a nossa hospitalidade, as coisas correm bem», acrescentou.

Esta ação acontece numa altura em que há várias situações a ensombrar o turismo no Algarve, não só a redução da operação da Ryanair, mas também a falência da Thomas Cook. Isso torna-a ainda mais importante, considerou o presidente da RTA.

«Tem-se verificado a falência de algumas companhias aéreas, mas estamos aqui a demonstrar que o Aeroporto de Faro continua a crescer todos os meses e que a região continua a ter um excelente desempenho, que se tem alargado para fora da época alta», concluiu João Fernandes.

 

Fotos: Hugo Rodrigues|Sul Informação

 

Comentários

pub
pub