Portimão celebra 40 anos do SNS com apresentação de livro

José Martins Nunes, antigo secretário de Estado da Saúde, é um dos autores

Portimão associa-se às comemorações dos 40 anos do Serviço Nacional de Saúde (SNS) com a apresentação pública do livro “Resgate da Dignidade: a Declaração Universal dos Direitos Humanos e os 40 anos do SNS”, marcada para as 18h00 do dia 23 de Setembro, na Casa Manuel Teixeira Gomes.

A obra será apresentada pelo seu coordenador e um dos autores: José Martins Nunes, ex-presidente do conselho de administração do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra e antigo secretário de Estado da Saúde.

Também estarão presentes Paula Maia Fernandes, chefe de gabinete do ministro da Saúde no XXI Governo Constitucional (2015-2018), e Isabel de Carvalho Garcia, representante da Editora Minerva Coimbra.

A obra, com prefácio de Álvaro Laborinho Lúcio, antigo ministro da Justiça, tem a colaboração de 13 personalidades nacionais ligadas ao setor, que abordam a grande reforma operada em Portugal após 15 de Setembro de 1979, a qual possibilitou pela primeira vez o acesso a cuidados de saúde de forma geral, universal e gratuita.

«Trata-se de um trabalho incontornável para a compreensão da história dos Direitos Humanos e do Direito à Saúde em Portugal, desde a implantação da República até à atualidade, tendo sido produzida sob a inspiração dos 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos», diz a Câmara de Portimão.

De resto, o Município portimonense é membro do Plano Local de Saúde Barlavento, com as receitas de venda do livro a revertem a favor da Associação Dignitude, cujo principal objetivo visa garantir o acesso a medicamentos para pessoas economicamente desfavorecidas.

Também Loulé já fez uma ação de comemoração dos 40 anos do SNS.

Comentários

pub
pub