Paraciclista de Tavira integra seleção portuguesa no Mundial da Holanda

Quatro corredores representam Portugal no Campeonato do Mundo de Paraciclismo em Estrada, na Holanda

O paraciclismo português estará representado por quatro corredores no Campeonato do Mundo de Paraciclismo em Estrada, de 12 a 15 de setembro, em Emmen, Holanda.

A Equipa Portugal será formada por Flávio Pacheco (Sporting/Tavira Paracycling), em H4, Luís Costa, na classe H5, Telmo Pinão (Casa do Benfica MMV/APCA Paracycling), na classe C2, e Bernardo Vieira, em C1.

Telmo Pinão será o primeiro a correr, alinhando no contrarrelógio de 20,8 quilómetros, marcado para as 9h00, de quinta-feira, 12 de setembro.

No mesmo dia, às 14h15, é a vez de Bernardo Vieira disputar o exercício individual. As provas contrarrelógio das “hanbikes” com presença nacional estão marcadas para as 13h00 de sexta-feira. Tanto Luís Costa como Flávio Pacheco vão completar 20,8 quilómetros.

No sábado, às 15h30, será dado o tiro de partida para as provas de fundo de classe C1 e C2, que terá 66,6 quilómetros e contarão com Bernardo Vieira e Telmo Pinão.

Flávio Pacheco compete na prova de fundo de H4, com 51,8 quilómetros, às 10h15 de domingo. No mesmo dia, às 16h15, Luís Costa inicia a prova de fundo de classe H5, que somará 66,6 quilómetros.

“O objetivo principal é garantir que todos ficam integrados no projeto paralímpico, o que implica classificações nos dez primeiros. Além disso, temos a ambição de conseguir pelo menos uma posição de pódio, embora saibamos que é difícil, porque a concorrência é muito forte”, esclarecer o selecionador nacional de paraciclismo, José Marques.

O melhor resultado de Portugal em Mundiais de Paraciclismo foi alcançado por Luís Costa, quando, há dois anos, foi o terceiro classificado na prova de contrarrelógio individual.

 

Comentários

pub
pub