Música, acrobacia e outras artes circenses em grande com o Festival Sete Sóis Sete Luas em Odemira

Arte e a música do Mundo Mediterrânico e do Mundo Lusófono

A 27ª edição do Festival Sete Sóis Sete Luas traz a arte e a música do Mundo Mediterrânico e do Mundo Lusófono, em eventos gratuitos nas ruas e salas de Odemira, de 13 a 15 de Setembro. O programa integra ainda uma exposição de pintura, a partir do dia 27 de Setembro.

Haverá espetáculos de acrobacia, de artes circenses, musicais e ainda a mostra de pintura, numa programação que se integra no evento Setembro Cultural, promovido todos os anos pela Câmara Municipal de Odemira.

 

Programa:

13 de Setembro, 21h00, Zona Ribeirinha, espetáculo de acrobacia “Sobre Rodas” de Yldor Llach (Espanha)

O artista circense catalão Yldor Llach (Espanha) apresenta o original e incrível espetáculo de bicicleta acrobática “Sobre Rodas”, onde interage de uma forma natural e dinâmica com o público e onde as suas virtudes de acrobata ganham a admiração incondicional de participantes de todas as idades, desde os mais jovens aos adultos.

13 de Setembro, 22h00, Cineteatro Camacho Costa, espetáculo de arte circense Leo Bassi (Espanha)

Reconhecido mundialmente pelas suas extravagantes atuações de teatro e pelas suas ações provocatórias, Leo Bassi pertence a uma antiga família de atores excêntricos e de palhaços circenses oriundos de Itália, França e Inglaterra.
É considerado um moderno criador de um estilo de comédia transgressiva, física e intelectual, com uma extraordinária capacidade de improvisar com o público.
O seu trabalho desenvolveu-se em diferentes direções, tanto em teatros como em eventos ao ar livre ou em programas de televisão em todo o mundo.

14 de Setembro, 21h30, Cineteatro Camacho Costa, espetáculo musical com Brava 7Luas Band (Cabo Verde)

Esta produção original do Festival Sete Sóis Sete Luas conta com a participação de cinco músicos da ilha da Brava, no Arquipélago de Cabo Verde.
O grupo apresenta um repertório que defende a tradição musical da ilha da Brava, conhecida pelas mornas, utilizando o crioulo, que confere aos temas uma emoção especial e harmoniza músicas tradicionais, composições originais e novos arranjos.
A banda junta a cantora Rosa Borges, Carlos Lobo no cavaquinho, Zeca Barbosa na bateria, Zé Duarte na guitarra, Isaque Delgado no baixo.

 

15 de Setembro, 21h30, Cineteatro Camacho Costa, espetáculo musical com Mimmo Epifani & The Barbers (Itália)

O virtuoso mandolinista apresenta um repertório original ligado a instrumentos de corda como bandolim, mandola, mandoloncello e aos instrumentos étnicos utilizados nos salões de barbeiros do Salento, no sul de Itália.
A musicalidade instintiva e profunda de Mimmo, ligada a raízes antigas, torna este músico um artista de nível internacional e inspirado nas músicas de todo o Mediterrâneo.

27 de Setembro, às 15h00, Biblioteca Municipal José Saramago, exposição de pintura de Pedro Orozco (Espanha)

Pedro Orozco Tristán começou timidamente com a aguarela como meio de expressão, após muitos anos de desenho.
Na sua obra encontramos as cidades que visitou, as paisagens por onde deambulou, as medinas marroquinas ou os elétricos lisboetas, numa linguagem criativa.

Comentários

pub
pub