Museu Regional de Beja viu aprovada candidatura no valor de 1,2 milhões de euros

Verba destina-se à requalificação do Museu D. Leonor

A candidatura FEDER para valorização e conservação do Museu Regional de Beja (Rainha D. Leonor), no valor de 1,2 milhões de euros, já foi aprovada. A candidatura foi apresentada pela APT – Associação Portas do Território.

O apoio a fundo perdido é de 75%, cerca de 900 mil euros, cabendo os restantes 25%, 300 mil euros, à denominada componente nacional, que deverá ser assegurada pela Câmara Municipal de Beja e eventualmente Secretaria de Estado da Cultura.

«Esta é uma excelente notícia para a cultura no seu todo e para Beja e o Baixo-Alentejo de forma muito particular», salienta a Câmara de Beja, em nota de imprensa.

O Município da capital do Baixo Alentejo acrescenta que «elaborou o projeto, trabalhou a candidatura e empenhou-se para que tivesse um desfecho positivo, percebendo que esta é uma hipótese ímpar para se renovar o Museu com um apoio a fundo perdido de grande escala».

O Município anuncia que irá agora desenvolver «o necessário para que a APT possa lançar o concurso de empreitada até final do corrente ano, de forma a que, durante o ano de 2020, o Museu possa entrar em obra».

 

 

Fotos: Elisabete Rodrigues | Sul Informação

 

 

Comentários

pub
pub