Morreu ao ver furgão a arder em Ferreira do Alentejo

Apesar das manobras de reanimação, homem não sobreviveu

Um homem de 67 anos, residente em Figueira de Cavaleiros, no concelho de Ferreira do Alentejo, Beja, morreu, esta quarta-feira, por doença súbita, na sequência de um incêndio que lhe destruiu uma viatura.

O idoso, proprietário do veículo, foi chamado ao local e, ao vê-lo a arder, sentiu-se mal e caiu inanimado no chão. Apesar das manobras de reanimação a que foi sujeito, o homem, que teria problemas cardíacos, não resistiu, tendo o óbito sido declarado pelo médico da VMER do Hospital de Beja, que acorreu ao local.

Saiba mais no Jornal de Notícias.

Comentários

pub
pub