Loulé lança edifícios do Biomedical Center dentro de «oito meses»

Câmara de Loulé vai investir 18 milhões de euros na construção de dois edifícios para o Centro Académico de Investigação e Formação Biomédica do Algarve

Edifício do ABC Active Life que será construído em  Vilamoura

A Câmara de Loulé conta começar a obra de construção dos dois edifícios destinados ao Centro Académico de Investigação e Formação Biomédica do Algarve – ABC (Algarve Biomedical Center) dentro «de sete ou oito meses», revelou ao Sul Informação Vítor Aleixo, presidente da autarquia.

Na cerimónia de lançamento de um inovador projeto de Literacia Informática e Inclusão Digital, que também envolve o ABC, o edil louletano anunciou que havia «boas notícias» relacionadas com estas obras, que motivarão um investimento de 18 milhões de euros, totalmente suportados pela autarquia.

Em causa está a construção de «dois edifícios para a inovação e investigação na área das ciências biomédicas e do envelhecimento ativo», o ABC Loulé Health Research Center, na sede do concelho, com 3500 metros quadrados, e o ABC Active Life, em Vilamoura, com 4000 metros quadrados.

 

Vítor Aleixo

 

«São boas notícias porque já começámos a trabalhar. Estamos na fase de contratualização de projetos, levantamento de terrenos e elaboração do desenho arquitetónico para realizar este investimento de 18 milhões de euros», explicou Vítor Aleixo.

No edifício de Loulé será instalado o Banco Público de Células do Cordão Umbilical, que atualmente está no Porto. Mas não será só esta a valência, de grande envergadura, a ser lá instalada. Também a Seroteca Nacional terá a cidade louletana como sede, bem como o Centro de Estudos de Segurança dos Medicamentos e Dispositivos Médicos.

Neste âmbito, também será desenvolvido, a partir do ABC Loulé Health Research Center, um Sistema de Interações Medicamentosas.

Quanto ao Centro de Investigação Entomológica do Algarve, também a ser instalado em Loulé, vai estudar as doenças transmitidas pelos mosquitos.

Ainda no edifício da sede de concelho, nascerá o Biobanco do ABC, que possibilitará investigações inovadoras, a Unidade de Farmacovigilância do Algarve e Alentejo, um polo da Agência Nacional da Investigação Clínica e Inovação Biomédica e um Centro de Investigação Clínica do ABC.

 

Projeto do ABC Loulé Health Research Center

 

Em Vilamoura, passará a funcionar o Centro Active Life do ABC, uma valência que se focará na promoção da vida ativa, muito voltado para a terceira idade.

«Não serão aqueles cuidados de saúde de que ouvimos, por vezes, falar, em que as pessoas vêm cá porque o hospital é mais barato, são operadas e vão embora. Este será um Centro em que as pessoas poderão fazer a sua reabilitação osteoarticular, ajudando-as a movimentar-se, mas também aproveitando os espaços livres e o bom tempo que temos no Algarve», explicou ao Sul Informação Nuno Marques, presidente do ABC, na altura em que os projetos foram anunciados, em Maio.

O Centro Académico de Investigação e Formação Biomédica do Algarve – ABC (Algarve Biomedical Center) resulta de uma parceria entre o Município de Loulé, a Universidade do Algarve e o Centro Hospitalar Universitário do Algarve.

Comentários

pub
pub