USF de Albufeira está sem ar condicionado

ARS Algarve diz que manutenção do ar condicionado já foi adjudicada

Créditos: Depositphotos

A Unidade de Saúde Familiar Sol Nascente, em Albufeira, tem funcionado, durante os meses de Verão, sem ar condicionado. A denúncia foi feita esta sexta-feira, 20 de Setembro, pelo Sindicato dos Médicos da Zona Sul (SMZS). A Administração Regional de Saúde (ARS) do Algarve admite o problema, mas diz que «a situação encontra-se em vias de resolução brevemente».

Segundo o SMZS a falta de climatização tem «graves implicações no trabalho dos médicos e na saúde dos utentes» e já levou a que «alguns utentes recusem ser atendidos ou que se sintam mal durante as consultas, além de pôr em causa as condições de trabalho e de saúde dos médicos e outros profissionais».

Além disso, segundo o sindicato, «a falta de climatização nas unidades de saúde desrespeita o Plano de Contingência para Temperaturas Extremas Adversas da Direção-Geral de Saúde».

O SMZS considera «esta situação totalmente inaceitável, responsabilizando a Administração Regional de Saúde do Algarve e o Ministério da Saúde por não garantirem a climatização adequada nesta USF».

Em esclarecimento enviado ao Sul Informação, a ARS Algarve garante que «a manutenção dos sistemas de climatização do Centro de Saúde de Albufeira já foi adjudicada» e diz que as falhas de funcionamento «vão ser colmatadas com a instalação de equipamentos de ar condicionado adicionais, estando o concurso público em fase de adjudicação».

A Administração Regional de Saúde lembra também que «fez um investimento de cerca de 27 mil euros em obras de adaptação e beneficação na USF Sol Nascente», que foi inaugurada em 2018.

Comentários

pub
pub