Silves já começou a requalificar o jardim do Largo da República

Obra custará 1,8 milhões de euros

As obras de requalificação do jardim do Largo da República, em Silves, já começaram e deverão estar prontas no início do próximo Verão. A Câmara de Silves vai investir cerca de 1,8 milhões de euros nesta intervenção, que pretende dar uma nova cara a este espaço.

A empreitada vai incidir na requalificação paisagística e funcional do jardim, através da renovação e criação de espaços verdes, colocação de novo pavimento, remodelação integral das infraestruturas das redes de abastecimento de água, saneamento e águas pluviais (dimensionadas para a escala da cidade), iluminação pública, telecomunicações, mobiliário urbano (abrigo de paragem, bancos e mesas de piquenique, estacionamento de bicicletas, papeleiras, bebedouros, ilha ecológica), criação de elemento de água com nebulizadores, construção de edifício com cafetaria, sanitários de uso público e esplanada com sombreamento.

«Nas soluções técnicas adotadas optou-se por uma abordagem contemporânea, de promoção do recreio e lazer, funcionalmente acolhedora e acessível a todos, em simultâneo com a manutenção da memória do jardim através da preservação de elementos caraterizadores (presença de água, árvores de grande porte, variedade florística) e da estrutura base do jardim (eixos longitudinais, simetrias e alinhamentos arbóreos). As luminárias existentes no interior do jardim, porque constituem elementos marcantes da imagem e história do espaço, serão recuperadas e relocalizadas na zona poente, assim como o bebedouro existente que será também relocalizado», descreveu a Câmara de Silves.

No que toca ao espaço de jardim propriamente dito, manterá três zonas distintas: a Alameda das Árvores, no lado Poente, a Praça Central e o Jardim do Fresco, no lado Nascente.

«Manter-se-ão os alinhamentos arbóreos existentes por constituírem um dos elementos estruturais e caraterizadores do atual espaço. A plantação de árvores, arbustos e herbáceas em número considerável assegurará a componente fundamental dos espaços verdes», acrescentou a autarquia.

A Requalificação do Jardim do Largo da República «representa uma intervenção profunda e multifacetada, recuperando e revitalizando um espaço histórico e emblemático que levará à criação de nova centralidade na cidade de Silves».

Dos mais de 1,8 milhões de euros a investir, 557 serão garantidos pela União Europeia.

 

Fotos: Câmara de Silves

Comentários

pub
pub