Odemira acolhe oficina de aceleração de Turismo Gastronómico e Enoturismo

Oficina terá lugar a 27 de Setembro

Os programas de aceleração de Turismo Gastronómico e Enoturismo “Tourism Up” e “Taste Up” vão passar em Odemira, em Setembro. 

A vila alentejana é uma das paragens do roadshow deste projeto que visa potenciar a inovação e a criação de redes empreendedoras no setor do Turismo e promover a inovação e experiência turística nas áreas da gastronomia e vinhos e irá acolher uma oficina de trabalho.

No dia 27 de Setembro, entre as 16h00 e as 18h00, o Auditório da Biblioteca Municipal José Saramago, acolhe esta iniciativa, na qual serão apresentados os programas de aceleração e dinamizadas sessões de formação sobre Oportunidades e Tendências no Turismo, Turismo Gastronómico e Enoturismo, e Empreendedorismo e Proposta de Valor.

Os interessados em participar na oficina podem inscrever-se online.

Segundo a Câmara de Odemira, os programas  “Tourism Up” e “Taste Up” «destinam-se a empreendedores com projetos inovadores que valorizem a Estratégia do Turismo 2027 “Gastronomia e Vinhos”, especificamente, mas também pessoas, história e cultura do território. Podem participar pessoas singulares ou em equipas de 2 elementos, a partir dos 18 anos de idade».

Durante os meses de Setembro e Outubro, este programa, que já está a aceitar candidaturas, vai andar na estrada a mostrar-se.

«Os dinamizadores dos projetos selecionados serão conhecidos em Outubro e terão a oportunidade de desenvolver os seus negócios através da participação em dois boocamps, cada um constituído por dois dias intensivos de mentoria e formação, nos dias 25 e 26 de Outubro e 22 e 23 de Novembro em Fornos de Algodres e em Loures, respetivamente», enquadrou a autarquia.

Os programas irão culminar numa apresentação pública final, onde serão selecionados os vencedores, no dia 5 de Dezembro, em Coruche.

O vencedor receberá 5000 mil euros em prémio monetário e 500 euros em SEO (Search Engine Optimization). O segundo classificado recebe 1000 euros e o 3º 500 euros.

Estes são programas promovidos pelos Territórios Criativos, em parceira com o Turismo de Portugal no âmbito do protocolo FIT – Fostering Innovation in Tourism, a APTECE – Associação Portuguesa de Turismo de Culinária e Economia, e a GEN – Global Entrepeneurship, a oficina promovida em Odemira conta com o apoio do Município de Odemira, Casas Brancas e Rota Vicentina.

Comentários

pub
pub