Há 5,9 milhões para a nova geração de Contratos Locais de Desenvolvimento Social

Candidaturas podem ser apresentadas até ao dia 7 de Outubro

Está aberto um concurso com um financiamento público de 5,9 milhões de euros, para apoiar as ações previstas nos Contratos Locais de Desenvolvimento Social de 4ª geração (4G).

As entidades interessadas e que reúnam as condições de elegibilidade podem apresentar as suas candidaturas até 7 de Outubro.

Segundo a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Algarve, que gere o Programa Operacional CRESC ALGARVE 2020, no âmbito do qual este concurso é lançado, os potenciais beneficiários são «entidades de direito privado sem fins lucrativos selecionadas pela Câmara Municipal ou pelos Conselhos Locais de Ação Social, entre outras».

Esta linha de apoio visa «promover a inclusão social de grupos populacionais que revelem maiores níveis de fragilidade social num determinado território, mobilizando para o efeito a ação integrada de diferentes agentes e recursos localmente disponíveis, constituindo-se como um instrumento de combate à exclusão social fortemente marcado por uma intervenção de proximidade através de parcerias locais».

As candidaturas devem, segundo a CCDR Algarve, ser estruturadas de foram a aumentar «os níveis de coesão social dos concelhos objeto de intervenção», responder às necessidades dos grupos populacionais que em cada território evidenciam fragilidades mais significativas, «potenciar a congregação de esforços entre o setor público e o privado na promoção e execução dos projetos» e «fortalecer a ligação entre as intervenções a desenvolver e os diferentes instrumentos de planeamento existentes de dimensão municipal».

A dotação disponibilizada para estas candidaturas de 36 meses (que podem ser alargadas até 48 meses) ascende a 5,9 Milhões de Euros, sendo que 80% são provenientes de Fundo Social Europeu (FSE) e 20% da Contribuição Pública Nacional», concluiu a mesma entidade.

Este e os demais avisos que se encontram abertos no âmbito do CRESC Algarve 2020 podem ser consultados aqui.

Comentários

pub
pub