Veia de inventor de Leonardo da Vinci inspira exposição em Lagos

Centro Ciência Viva de Lagos é um dos promotores

A exposição “Leonardo da Vinci. O Inventor” vai estar patente a partir de amanhã, dia 1 de Agosto, até 27 de Outubro na Messe Militar de Lagos, Edifício do Infante.

A mostra, promovida pelo Centro Ciência Viva (CCV) de Lagos, pelo Exército Português e pelo Exploratório – Centro Ciência Viva de Coimbra, com o apoio da Câmara Municipal de Lagos, «dá a conhecer 21 maquetas de máquinas reproduzidas em grande escala a partir de esboços originais dos códices onde Leonardo da Vinci ilustrou o seu funcionamento».

«A exposição apresenta ainda um conjunto de cartazes explicativos que, combinados entre si, formam uma espécie de guia de viagem ao mundo deste homem que foi, não apenas um dos grandes artistas de todos os tempos, mas também um génio visionário à época em que desenvolveu todas as suas muitas e admiráveis criações. Esta informação será complementada por postos interativos com animações em 3D relativa ao funcionamento de cada uma das máquinas em exposição», acrescentou Luís Azevedo Rodrigues, diretor do CCV de Lagos.

A inauguração oficial desta iniciativa, que pretende assinalar os 500 anos sobre a morte do génio florentino [a 2 de maio de 1519], está agendada para o dia 5 de Agosto, às 18h00.

 

 

«Leonardo da Vinci é uma das figuras cimeiras e apaixonantes da arte, mas também da ciência, onde se destacam o seu espírito curioso e prático, aliado à observação, bem como a sua contínua experimentação e originalidade, um homem muito à frente do seu tempo», considera Luís Azevedo Rodrigues.

O responsável máximo pelo CCV lacobrigense salientou, ainda, que esta exposição «representa uma nova forma de colaboração entre instituições: os Centros Ciência Viva, o Exército Português e o Município de Lagos resultando desta parceria conjunta um aumento na oferta cultural da cidade durante o Verão».

«Acrescenta ainda a possibilidade dos alunos de Lagos poderem visitar a exposição de forma gratuita a partir de Outubro, possibilidade que resulta do apoio direto da Câmara Municipal de Lagos», disse.

Destinada a todos os públicos, famílias, turistas, grupos escolares, simples curiosos e grandes admiradores de Leonardo, «materializa as extraordinárias máquinas que o génio renascentista – pintor, escultor, cientista, matemático, engenheiro, inventor, arquiteto, botânico, poeta e músico – deixou desenhadas nos seus cadernos».

«A exposição possibilitará descontos aos visitantes do Centro Ciência Viva de Lagos e da Exposição Leonardo da Vinci, ou seja, os visitantes de cada uma das exposições terá 50% de desconto na outra», concluiu Luís Azevedo Rodrigues.

Comentários

pub
pub