Seleção Nacional regressa ao Algarve em Novembro para enfrentar Lituânia

Autarcas de Faro e Loulé congratulam-se com escolha da Federação Portuguesa de Futebol

A Seleção Nacional de Futebol vai regressar ao Estádio Algarve, a 14 de Novembro, para o embate frente à Lituânia a contar para a fase de qualificação do Campeonato da Europa de 2020.

Será o décimo jogo da Seleção Nacional neste estádio, o primeiro desde o jogo de preparação diante da Croácia (1-1), disputado a 6 de Setembro de 2018.

Já o último jogo oficial realizado neste local, foi a 13 de Novembro de 2016, entre Portugal e a Letónia, com vitória por 4-1 para a formação orientada por Fernando Santos. 

Reinaldo Teixeira, presidente da Associação de Futebol do Algarve (AFA), citado pela Federação Portuguesa de Futebol,  diz que esta é «uma escolha que muito nos honra, por parte do Dr. Fernando Gomes e da sua equipa e que é consequência da prática seguida pelos atuais responsáveis federativos, levando grandes eventos a vários pontos do país, com o propósito de promover o futebol em zonas mais afastadas das principais urbes, numa demonstração da capacidade organizativa e da visão da entidade que gere a modalidade».

Para Reinaldo Teixeira, «a reconhecida qualidade dos equipamentos desportivos existentes na região, designadamente do Estádio Algarve, a excelência do parque hoteleiro e as modernas vias de acesso que servem o estádio foram também fatores seguramente considerados pela FPF».

Para o presidente da AFA, a opção  «representa um prémio enorme para os adeptos do futebol residentes na região, sobretudo para os mais jovens, que poucas oportunidades têm para presenciar ao vivo encontros dos seus ídolos, os grandes jogadores da seleção portuguesa, cumprindo-se assim também uma relevante missão social».

«Trata-se também de um benefício para um rol significativo de atividades económicas, em particular as ligadas aos setores do turismo e da hotelaria, e que tem um maior significado por o jogo decorrer em Novembro, na chamada época baixa, contribuindo, assim, para atenuar os efeitos da sazonalidade».

Já Rogério Bacalhau, presidente da Câmara de Faro, diz que «é com grande prazer e honra que a Associação de Municípios Loulé-Faro e toda a região abrem novamente as portas do Estádio Algarve à Seleção Portuguesa de Futebol. Esperamos que a caminhada para o Euro 2020 conheça aqui um impulso decisivo, pois estamos certos de que o lugar da “equipa de todos nós” é no galarim do futebol mundial, disputando títulos e enchendo de orgulho todos os milhões de portugueses que se encontram espalhados pelas sete partidas do mundo».

O líder do município farense deseja que o Estádio Algarve «seja um talismã, como já o foi em ocasiões anteriores, como em Novembro de 2014, quando a Seleção Nacional aqui defrontou a Arménia, na gloriosa rota para o título do Euro 2016».Ro

Rogério Bacalhau garante que a equipa das quinas vai contar «o apoio incondicional e o fervor patriótico de todos os algarvios e de todos quanto nos visitam. Votos de um bom jogo e… vamos à vitória!»

Vítor Aleixo, presidente da Câmara de Loulé, também se congratula com a presença da Seleção Nacional no Algarve e diz que será «uma enorme festa poder contar com a realização na sua região de um jogo de tamanha importância, pelo que estou certo de que ninguém quererá faltar a este acontecimento de importância nacional, e assim dar todo o seu apoio moral aos jogadores, de forma a poderem provar mais uma vez que Portugal está ao mais alto nível no desporto europeu e mundial».

O autarca louletano reitera «o total apoio e expetativa à realização do jogo em apreço no Estádio Algarve e faço votos para que seja um grande encontro desportivo com uma vitória para Portugal».

A Seleção Nacional está inserida, na fase de qualificação, no grupo B, juntamente com a Ucrânia, Luxemburgo, Sérvia e os lituanos.

Qualificam-se diretamente para o Europeu os dois primeiros classificados de cada grupo, sendo as restantes quatro posições alocadas ao vencedor dos play-offs.

Portugal, com a vitória na Liga das Nações já garantiu que, em caso de não se apurar no grupo, já garantiu a presença no play-off.

Comentários

pub
pub