Que Algarve somos? [com infografia]

Hoje é Dia Mundial da População e o Sul Informação faz-lhe um retrato do Algarve

Sabia que o Algarve tinha, em 2017, cerca de 440 mil habitantes? E que, destes, 21,3% têm mais de 65 anos? Estes são alguns dados sobre a população algarvia que o Sul Informação, neste Dia Mundial da População, lhe apresenta na tabela abaixo, com números da Pordata.

Analisando os dados, constata-se que o Algarve tem uma densidade populacional de 88,2 indivíduos por quilómetro quadrado, um valor inferior à média nacional que é de 111,7.

No que diz respeito ao envelhecimento da população, o Algarve até está abaixo da média nacional, uma vez que, por 100 jovens existem 141,2 idosos, enquanto, nos dados referentes ao país, este número cifra-se nos 153,2. 15,1% dos residentes têm menos de 15 anos, um valor também superior à média do país, que fica pelos 13,9%. Ou seja, há mais algarvios jovens.

O Algarve perde, no entanto, na população ativa, entre os 15 e os 64 anos. A média nacional neste indicador é de 64,8%, enquanto, no Algarve, não ultrapassa os 63,7%.

O Algarve destaca-se no indicador de população estrangeira residente, já que 15,6% das pessoas que aqui vivem são de outras nacionalidades, enquanto a média nacional é de apenas 4%.

No distrito de Faro, também há menos divórcios do que no resto do país. Por cada 100 casamentos, 52,6 terminam em divórcio, enquanto a nível nacional, o número ascende a 64,2.

Também se consome mais energia elétrica, por habitante e são produzidos também mais resíduos urbanos recolhidos seletivamente.

No entanto, neste aspeto, há que ter em conta que muito do gasto energético e da produção de resíduos é feito pela população não residente, ou seja pelos turistas.
 
Veja na tabela abaixo estes e outros indicadores sobre a região e como evoluíram desde 2001.
 

Comentários

pub
pub