Ministério Público confirma buscas na Câmara, AmbiFaro e Mercado

Processo investiga «factos suscetíveis de integrarem crimes de corrupção, de participação económica em negócio, de peculato e de prevaricação»

Foto: Fabiana Saboya | Sul Informação

O Ministério Público (MP) confirmou ao Sul Informação que a Câmara de Faro, bem como a empresa municipal AmbiFaro e ainda o Mercado, estão a ser alvo de buscas. 

Na resposta às perguntas do Sul Informação, o MP revelou que, no processo, «investigam-se factos suscetíveis de integrarem crimes de corrupção, de participação económica em negócio, de peculato e de prevaricação».

Além do Mercado, da Câmara e da AmbiFaro, que é liderada pela mulher de Paulo Santos, vice-presidente da autarquia, as buscas também estão a ser feitas no escritório de um advogado na capital algarvia.

O Ministério Público não precisou qual.

 

Outras notícias relacionadas:

PJ faz buscas na Câmara de Faro, Paulo Santos é um dos visados

Há quatro arguidos na operação “Mercado Aberto” em Faro

Comentários

pub
pub