Lagoa: Canadiano caiu de 20 metros quando escalava arriba

Mulher da vítima alertou as autoridades

Um canadiano, de 40 anos, caiu, este domingo, de uma altura de 20 metros, quando subia uma arriba, na Praia da Afurada, que não tem acesso por terra, no litoral de Lagoa. O homem sofreu vários traumatismos no corpo e nos membros e foi transportado para o hospital.

Segundo a Autoridade Marítima, a vítima «tinha descido a arriba, com cerca de 30 metros, juntamente com a mulher e, já durante a subida, a arriba cedeu, tendo o homem caído de uma altura de cerca de 20 metros».

O alerta foi dado pela mulher que, ao chegar ao topo da arriba, se dirigiu à praia dos Caneiros, que fica próxima, e alertou as autoridades.

O Capitão do Porto de Portimão mobilizou de imediato uma embarcação, e respetiva tripulação, da Estação Salva-vidas de Ferragudo, bem como o piquete do Comando-local da Polícia Marítima de Portimão, que seguiu por terra.

A equipa do salva-vidas de Ferragudo, que chegou ao local pelas 14h50, imobilizou a vítima, «juntamente com os nadadores-salvadores da praia que se situa próximo desta e que, de canoa, se deslocaram para o local, prestando os primeiros socorros».

O homem foi transportado para a Estação Salva-vidas de Ferragudo, onde o aguardava uma ambulância, que o transportou, consciente, para o hospital, cerca das 15h10.

A Autoridade Marítima relembra que «as arribas são, por norma, instáveis e apresentam risco para as pessoas que se aproximam das mesmas, pelo que alerta uma vez mais a população para o cuidado a ter junto das arribas, evitando passeios no topo ou junto à base». E, ainda que não o recomendem de forma explícita, também não é aconselhável que as pessoas se arrisquem, escalando as falésias.

 

Comentários

pub
pub