Grafonola Voadora & Napoleão Mira vão à Feira do Livro de Tavira e depois a Loulé, Lagos, Lagoa e Sagres

Projeto desenvolvido por João Espada, Luís Galrito e Napoleão Mira, envolve também Ricardo Martins e João Palma

O projeto Grafonola Voadora & Napoleão Mira vai dar um espetáculo na Feira do Livro de Tavira, no Jardim do Coreto, no dia 22 de Julho, às 22 horas. Em Setembro e Novembro, o projeto já tem datas confirmadas em Loulé, Lagos, Lagoa e Sagres.

O projeto desenvolvido por João Espada, Luís Galrito e Napoleão Mira, que envolve também Ricardo Martins e João Palma, tem o dom de fazer ressoar na assistência um apelo à cultura mais erudita, sem, no entanto, sair de um palco ao ar livre, que todos são convidados a pisar através dos vários sentidos.

João Espada, videógrafo, traz a este grupo a arte visual através das novas tecnologias. Luís Galrito, a voz e o piano. Ricardo Martins e João Palma juntam as sonoridades tradicionais, com a guitarra portuguesa e o acordeão, respetivamente. A tudo isto, soma-se ainda a poesia, na voz grave e profunda de Napoleão Mira.

A Grafonola propõe-se «(re)construir uma geografia afetiva, simbólica, visual e musical de quadros audiovisuais referentes a lugares comuns do ser humano», «viajando visual e musicalmente por espaços urbanos, rurais e marítimos numa busca de ambientes naturais e culturais ligados ao património material e imaterial de todos nós».

Esta jornada audiovisual «segue igualmente os trilhos do etnomusicólogo Michel Giacometti, o percurso musical do cantautor José Afonso e aborda a obra literária da poetisa e escritora Sophia de Mello Breyner e Andersen e do poeta e escritor Manuel da Fonseca, através de uma linguagem musical e visual distinta que privilegia as sonoridades orgânicas, em diálogo com a sonoplastia e o universo musical eletrónico».

Depois das feiras do livro de Évora, Olhão e Tavira, os próximos eventos da Grafonola Voadora são duas apresentações no âmbito do DiVaM – Programa de Divulgação e Valorização dos Monumentos algarvios, em Loulé (27 de Setembro) e em Sagres (24 de Novembro), bem como um espetáculo em Lagos no «Sul de Sophia», a 28 de Setembro, e outro em Lagoa, a 16 de Novembro.

Comentários

pub
pub