Festival Internacional de Jazz de Loulé celebra 25 anos de sucessos

Mário Laginha volta a ser o diretor artístico

O Festival Internacional de Jazz de Loulé celebra 25 anos de sucessos, com mais uma edição marcada para os dias 25, 26, 27 e 28 de Julho, na Cerca do Convento Espírito Santo. 

«Mais uma vez sob a direção artística de Mário Laginha, o Festival apresenta talvez o programa mais americano de sempre, com músicos e bandas provenientes da América do Sul e também da América do Norte. É um cartaz ambicioso, que conjuga sons e músicos com percursos bastante distintos», diz a Câmara de Loulé.

O evento arranca com a atuação da Ben Wendel Seasons Bad, liderada pelo saxofonista, baixista, pianista e compositor canadiano, Ben Wendel. Segue-se, no dia 26, uma participação vinda de Buenos Aires, Diego Schissi Quinteto, que trará uma fusão de Tango e Jazz, enquanto que também originário da Argentina, o Trio Leo Genovese sobe ao palco no dia 27, com o poder hipnótico deste virtuoso pianista.

A ele junta-se ainda nesta noite a cantora e contrabaixista norte-americana: Esperanza Spalding. No encerramento desta 25ª edição do Festival Internacional de Jazz de Loulé, a união luso-brasileira faz-se através de um espetáculo conjunto do Trio de Jazz de Loulé e da cantora brasileira Mônica Salmaso.

Os bilhetes poderão ser adquiridos na bilheteira do Festival, ou reservados pelo email da Casa da Cultura de Loulé, por mensagem privada para a página de Facebook do Festival internacional de Jazz de Loulé ou ainda pelo telefone 289415860.

Os preços variam entre os 10 e os 15 euros diários e o bilhete para os quatro dias terá o valor de 30 euros.

 

Programa:

25 Julho – Canadá – BEN WENDEL SEASONS BAND – 22h00
26 Julho– Argentina – DIEGO SCHISSI QUINTETO – 22h00
27 Julho – Argentina – TRIO LEO GENOVESE – 22h00
27 Julho– E.U. América – ESPERANZA SPALDING – 23h00
28 Julho – Portugal e Brasil – TRIO DE JAZZ DE LOULÉ COM MÔNICA SALMASO – 22h00

Comentários

pub
pub