Feira da Serra de São Brás bateu «todos os recordes» ao receber 38 mil visitantes

Este ano foram introduzidos copos reutilizáveis e o balanço é «positivo»

A edição deste ano da Feira da Serra de São Brás de Alportel, que se realizou de 25 a 28 de Julho, recebeu mais de 38 mil visitantes, batendo «todos os recordes».

«A enorme diversidade de espaços e de atividades para os diversos gostos e idades, a genuinidade preservada no artesanato e nos produtos locais, a inovação revelada nos múltiplos projetos de empreendedorismo, a preocupação com a acessibilidade para todos que se estende a todo o recinto, o conforto e a segurança são certamente alguns dos ingredientes do crescente êxito deste certame», diz a Câmara de São Brás.

«Ao fim destes quatro dias de emoções fortes, o sentimento é de dever cumprido e de gratidão», disse Vítor Guerreiro, presidente da Câmara de São Brás.

O autarca deixa «um agradecimento muito sentido a todos os intervenientes que tornaram possível o êxito desta Feira da Serra 2019: artesãos, produtores, empresários, empreendedores, associações, entidades, jovens voluntários, animadores, artistas, equipa de enfermeiros do posto de socorro, Guarda Nacional Republicana e Bombeiros Voluntários».

«Um agradecimento a todos os patrocinadores que contribuíram para o sucesso desta edição. À comunidade são-brasense, o nosso muito obrigado pela ativa participação e envolvimento nesta Feira da Serra que é um orgulho para todos nós. Por último, um agradecimento muito especial a toda a equipa da Câmara Municipal de São Brás de Alportel, trabalhadores incansáveis e dedicados… a todas as equipas das mais diversas áreas», acrescenta.

EM formato de quatro dias, de 25 a 28 de Julho, «este certame que já é uma referência no calendário de animação do verão algarvio voltou a abrir as suas portas com o que de melhor e mais genuíno é feito na região, assumindo-se cada vez mais o ponto de encontro do empreendedorismo local e regional», refere a autarquia.

A cerimónia de inauguração oficial do certame, na quinta-feira, dia 25 de Julho, contou, por exemplo, com a presença do secretário de Estado da Proteção Civil José Artur Neves e do padrinho da edição de 2019 da Feira da Serra Vitor Neto, também presidente da direção do NERA, Associação Empresarial da Região do Algarve.

Após a visita ao certame, o secretário de Estado, observou tratar-se de um evento que transmite as tradições do meio rural, da serra que persistem até aos dias de hoje. «Sente-se aqui um projeto de futuro e um futuro risonho para esta terra», sublinhou.

Na ocasião, João Fernandes, presidente da Região de Turismo do Algarve, enalteceu o potencial turístico de São Brás de Alportel “Porta aberta à Serra, Janela sobre o Mar”; enquanto Jorge Botelho, presidente da AMAL – Comunidade Intermunicipal do Algarve sublinhou a importância da Feira da Serra, enquanto evento regional de crescente relevo.

Neste evento onde o passado e o presente se unem para a construção de um futuro melhor, mais sustentável e identitário, foi ainda apresentado o Portal de Comércio e Serviços de São Brás de Alportel, uma nova iniciativa da autarquia no âmbito da sua estratégia de promoção da economia local, que criou uma verdadeira montra online do empreendedorismo concelhio. De forma gratuita, todas as empresas do concelho estão agora apenas à distância de um clique.

Este ano, os 20 mil metros quadrados do recinto da feira foram totalmente preenchidos por 18 diferentes espaços: entre os quais o Sítio do Figo, em homenagem ao convidado de honra, a Aldeia Serrana, coração da Feira, que guarda o tesouro de artesanato e produtos locais, o Encontro de Sabores, o lugar da gastronomia, verdadeira tentação para os sentidos, o Picadeiro, nesta edição com um programa ainda mais recheado de arte equestre ou o Sítio dos Curiosos, espaço de animação infantil, que é um paraíso para as famílias.

Também houve o Sítio dos animais, a Praça do Município, o Encontro de Ofícios, o Mercado vai à Feira, o Sítio do Vinho, os Jardins da Serra e do Barrocal, a Praça da Diversão, a Casa do Artesão, que esteve de visita na Feira da Serra pela primeira vez; e a Street Área, a Estação da Feira que volta a marcar encontro com diversos projetos ambientais e turísticos, acompanhados por propostas de Street Food.

Este ano foram introduzidos copos reutilizáveis e o balanço é «positivo». A «adesão do público contribuiu para a redução substancial dos plásticos descartáveis no recinto», refere a autarquia.

Nesta edição, onde foi notória a presença de visitantes estrangeiros, importa ainda destacar um «enorme aumento da venda antecipada de bilhetes através de bilheteiras online».

Em 2019, os palcos da Feira da Serra receberam artistas locais, regionais, nacionais e internacionais.

Pelo palco principal do certame passaram os Calema (dia 25), Gipsy Kings (26), HMB (27) e “Cantar Amália” (28).

«O momento de balanço desta edição é também o momento em que se começa a preparar a edição de 2020 que procurará mais uma vez apresentar um programa diversificado num recinto que se quer cada vez mais adaptado às necessidades dos participantes e dos visitantes», conclui a Câmara de São Brás.

Comentários

pub
pub