Falta de iluminação na entrada de Faro ultrapassou «todos os limites da razoabilidade»

Falta de iluminação pública na rotunda e estrada junto à Pista de Atletismo

A União de Freguesias voltou a apelar à Infraestruturas de Portugal para que resolva «rapidamente» aos problemas de falta de iluminação pública na entrada nascente da cidade de Faro, que já ultrapassaram «todos os limites da razoabilidade», segundo a União das Freguesias de Faro.

A iluminação pública na estrada e na rotunda junto à Pista de Atletismo, está «desligada há mais de um ano», salvo «alguns episódios pontuais».

Uma situação que levou a autarquia farense a vir a público «manifestar a sua preocupação e o seu descontentamento» e apelar à Infraestruturas de Portugal, responsável pelo troço em causa, para que solucione a situação «com a maior brevidade possível».

Em Dezembro, a União de Freguesias de Faro aprovou «uma moção de preocupação e de apelo à rápida resolução desta situação anómala». Em «meados de Fevereiro contactou novamente as Infraestruturas de Portugal, entidade responsável por este troço rodoviário, no sentido de apurar o motivo desta falha e qual a data prevista para a sua resolução, não tendo, no entanto, obtido resposta».

Assim, Bruno Lage, presidente da União das Freguesias de Faro, enviou sexta-feira novo ofício às Infraestruturas de Portugal «a apelar à rápida resolução deste problema que afeta diariamente a segurança de centenas de automobilistas e peões, considerando que já estão ultrapassados todos os limites da razoabilidade para a solução desta falha».

Comentários

pub
pub