Benaciate e Lavajo já têm água canalizada

Obra custou 877 mil euros

Os sítios do Benaciate e Lavajo, na freguesia de São Bartolomeu de Messines, no concelho de Silves, já têm água canalizada. A obra de ampliação da rede de abastecimento de água a estas localidades foi concluída.

Segundo a Câmara de Silves, «a importante e complexa obra contou com financiamento comunitário através do Programa Operacional da Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos (POSEUR)».

A submissão e aprovação da candidatura comunitária ao POSEUR «representou um extraordinário sucesso da autarquia silvense, face aos enormes constrangimentos que teve de vencer», destaca a Câmara Municipal.

A obra foi adjudicada, através de concurso público, por cerca de 877 mil euros (IVA incluído).

A empreitada contemplou a instalação de tubagem ao longo de 15,3 km, a construção de duas válvulas redutoras de pressão (VRP) situadas nas extremidades da intervenção, a colocação de 271 contadores de água (com telemetria) e a intervenção em mais de 11 km de estradas e caminhos, servindo uma população de cerca de 450 habitantes.

A Câmara de Silves diz que este investimento se enquadra «na linha de orientação estratégica do Município de Silves, de remodelação, extensão, consolidação, modernização e defesa do sistema público de abastecimento de água, tendente a garantir o uso eficiente da água e elevar os níveis de bem-estar e qualidade de vida das populações, representando um dos investimentos municipais mais vultuosos e relevantes».

Comentários

pub
pub