Verão em Portugal e no resto da Europa com pouca chuva e muito calor

Europa de Leste terá temperaturas acima do normal

Neste início de Verão, o estado do tempo no Continente será condicionado pela aproximação e passagem de ondulações frontais até dia 25 de Junho, que trará chuva, anuncia o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Por isso, a partir do final da tarde de sábado, dia 22 de Junho, prevê-se períodos de chuva no litoral a norte do Cabo Mondego, estendendo-se às restantes regiões do Norte e Centro a partir da manhã de domingo.

Para dias 24 e 25, segunda e terça-feira, prevê-se também a possibilidade de ocorrência de precipitação na região Sul.

A partir de quarta-feira, dia 26, o IPMA prevê «a diminuição da probabilidade de ocorrência de precipitação.

No sábado, as temperaturas máximas estarão próximas dos valores médios para o mês de Junho, prevendo-se valores entre 20 e 25°C na faixa costeira ocidental, podendo chegar a valores de 30/35 °C nas regiões do interior.

Para os dias 23 e 24, prevê-se uma descida da temperatura máxima, para valores entre 20 a 25°C na generalidade do território, atingindo valores entre 25 a 30°C no interior da região Sul e Beira Baixa.

A partir de dia 25, está prevista uma nova subida gradual da temperatura máxima em todo o território.

Apesar de avisar que «as previsões meteorológicas para os meses seguintes ao mês atual têm baixo grau de confiança», o IPMA anuncia que, para a Península Ibérica, «as previsões para os meses de Julho e Agosto de 2019 não apresentam qualquer sinal para a precipitação».

Para a temperatura do ar, «as previsões apresentam um sinal forte para a Europa de leste, o que não acontece para a Europa Ocidental, onde o nível de incerteza é elevado».

Assim, na Europa de leste há tendência para «temperaturas acima do normal nos próximos dois meses, em particular para o mês de Julho».

Comentários

pub
pub