Portimão “ganha” Brigada de Rescaldo de incêndios rurais

Nova brigada vai estar totalmente operacional quando começar o período crítico dos incêndios

Portimão vai contar com uma brigada de rescaldo no seu dispositivo municipal de combate a incêndios rurais, este Verão.

A criação desta nova equipa, uma das medidas previstas no Plano Operacional Municipal (POM) para os Incêndios Rurais de Portimão, para o ano 2019, começou a ser preparada em Maio.

A nova brigada será «direcionada para operações de consolidação da extinção de incêndios rurais que atinjam maiores dimensões, e cujo perímetro mereça uma unidade dedicada para reforçar as medidas conducentes à não reativação do incêndio, impedindo possíveis reacendimentos», segundo a Câmara de Portimão.

Esta unidade especial será constituída pela equipa de Sapadores Florestais da Câmara Municipal, uma equipa de Bombeiros e uma máquina de rastos e «será sustentada no uso de ferramentas manuais e mecânicas, complementada por veículos ligeiros de combate, e um drone com câmara térmica para identificar eventuais pontos quentes impercetíveis».

«Destaca-se ainda a inclusão de operacionais de queima que poderão constituir um apoio ao Comandante das Operações de Socorro (COS) no eventual uso do fogo em ações de supressão, técnica fundamental em teatros de operações de maior envergadura», acrescentou a autarquia.

Ao longo de Junho, vai decorrer o treino operacional da brigada «assegurando, desta forma, a prontidão desta Brigada para o período crítico da Defesa da Floresta Contra Incêndios (DFCI)».

A Câmara de Portimão vai apresentar oficialmente esta noav unidade a 1 de Julho, às 18h00, nas instalações do Gimnodesportivo da Mexilhoeira Grande, «na sequência da visita do executivo municipal aos trabalhos de prevenção no espaço rural do concelho, em antecipação ao período historicamente mais vulnerável à ocorrência de incêndios».

Também está ativo, desde 15 de Maio, o Destacamento Sazonal de Defesa da Floresta Contra Incêndios (DFCI) da Senhora do Verde (Mexilhoeira Grande), «instituído para o período crítico desde o Verão de 2014, onde se encontra preposicionada em permanência uma equipa de cinco Bombeiros e um veículo de combate».

«Desde o passado dia 11 de Maio, e tendo em conta o quadro meteorológico que se tem registado na região, foram ainda reforçados os meios afetos ao Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais (DECIR), procurando, desta forma, aumentar a prontidão através de medidas operacionais de antecipação e reduzir o tempo de chegada às ocorrências e consequentemente a resolução das mesmas na fase inicial», acrescentou a Câmara de Portimão.

 

Fotos: Câmara de Portimão

Comentários

pub
pub