Odemira evoca maré negra de 1989 comemorando 30 anos do Mar Limpo

Jornadas, cinema, música, e educação ambiental vão assinalar a data

Odemira vai evocar o desastre ambiental provocado pelo derrame de crude, que ocorreu na Praia do Almograve em 1989, com a iniciativa “30 anos do Mar Limpo”, entre 5 e 14 de Julho.

Segundo a Câmara de Odemira, «com esta ação pretende-se de homenagear os cidadãos e entidades que, de forma ímpar, contribuíram para a reposição das condições naturais e balneares de qualidade da Costa Sudoeste após o trágico acidente com o petroleiro “Marão” ao largo de Sines e alertar para a necessária assunção de responsabilidades por parte das entidades responsáveis em situações semelhantes».

A autarquia recorda que, à época, o município interpôs um processo judicial e de custos à empresa responsável pela ocorrência.

No dia 14 Julho de 1989 aconteceu uma das maiores marés negras na costa portuguesa, com maior incidência na Praia do Almograve, devido ao derrame de cerca de 6 mil litros de crude, provocado pelo acidente do navio Marão Diários, ao entrar no Porto de Sines.

«Passados 30 anos, o desafio que se coloca é promover a reflexão e debate sobre as causas do acidente do Marão e as principais políticas e medidas atualmente em vigor para prevenir e mitigar os impactes de ocorrências de poluição por hidrocarbonetos», explica a Câmara de Odemira.

O programa de atividades inicia-se com o Festival Almogrooves, nos dias 5 e 6 de Julho, na Praia do Almograve, um evento que promove a música e a consciência ambiental. Entre os dias 8 e 13 Julho, serão promovidas diversas atividades de Educação Ambiental na Praia do Almograve, dirigidas ao público infantil.

“Como manter o mar limpo?” é o tema das Jornadas do Mar Limpo, marcadas para 9 de Julho, às 10h00, na Pousada da Juventude de Almograve. Seguem-se jornadas interpretativas na praia guiadas pelo biólogo João Castro e pelo geólogo Sérgio Maraschini.

No dia 13 Julho, a partir das 21h30, na Praça dos Fuzileiros, na aldeia de Almograve, será exibido o filme documentário sobre “30 anos Mar Limpo”, seguido da atuação da Banda Filarmónica de Odemira.

Já no dia 14 de Julho, às 15h00, na Praia do Almograve, decorrerá a Cerimónia Evocativa dos 30 anos do Mar Limpo e o Hastear da Bandeira Mar Limpo.

No mesmo dia, às 16h30, na Praça dos Fuzileiros, em Almograve, será inaugurada a Exposição “30 anos Mar Limpo”, seguindo-se uma Tertúlia com a intervenção de cidadãos que participaram de forma direta e indireta na limpeza das praias.

Comentários

pub
pub