Nasceram dez crias de lince-ibérico no Vale do Guadiana [com vídeo]

ICNF estima que possa haver 30 nascimentos de linces-ibéricos no Vale do Guadiana, em 2019

Em 2019, nasceram pelo menos dez crias de lince-ibérico no Vale do Guadiana. O Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas já detetou três ninhadas, após a atual época de libertações ter terminado, uma das quais com cinco pequenos linces, que foi filmada.

A fêmea Lluvia, de cinco anos, foi apanhada pelas câmaras «com a sua segunda ninhada, constituída por cinco crias, sendo o primeiro registo deste quantitativo para o Vale do Guadiana e um dos poucos até agora observados em liberdade».

 

 

«O facto de todos os pequenos linces estarem vivos aos 2 meses de idade e já se encontrarem a acompanhar a mãe reflete a boa qualidade da zona de reintrodução, especialmente no que diz respeito à abundância de presas, mas também da grande capacidade demonstrada pela fêmea Lluvia para cuidar da sua prole», refere o ICNF.

À semelhança dos filhotes de Lluvia, solta em 2015 e oriunda do centro de Granadilla, os outros linces-ibéricos bebés que foram observados também «aparentam boas condições físicas».

Segundo o ICNF, «antevê-se que 12 fêmeas poderão ter-se reproduzido», e as previsões «apontam para cerca de 30 nascimentos em 2019, no Vale do Guadiana, o que se traduz num ligeiro acréscimo relativamente ao ano anterior».

Comentários

pub
pub